Amy

Olá galerinha, hoje o dia é de cinema aqui no blog, então o escolhido de hoje é um documentário sobre a vida de uma cantora sensacional, Amy Winehouse.

Bom, farei aqui mais uma análise do contexto do que da vida dela, pois é muito difícil falar de um documentário sobre a vida de uma pessoa que você se quer teve a oportunidade de convívio. Vendo esse filme, pude notar o quanto algumas pessoas são egoístas, passando por cima da vontade e da saúde da pessoa ao seu lado, sei que não temos a obrigação de cuidar e ser babá de ninguém, ainda mais de alguém maior de idade, mas acho que o nosso papel primeiramente como ser humano é de ajudar ao próximo, mesmo que próprio não aceite ajuda.

O filme eu recomendo, pois não enrola no enredo, faz um breve resumo do que foi a vida dela antes da fama e depois se desenrola sobre o que a maior parte de nós já conhecemos, muito sucesso, drogas e bebida. Tem tudo que um bom documentário tem que ter, mostra cenas fortes, sem muitos cortes, onde as vezes você se pergunta se realmente era necessário mostrar aquilo para o mundo, já que a indicação é para 16 anos.

1 2

Uma mensagem que ficou para mim pelo menos, é que o mínimo que podemos fazer é oferecer um colo para pessoa que precisa, mesmo que ela não aceite sua ajuda. Procure não criticar para ou outros e muito menos incentivá-la a fazer algo quando lhe convém e lembre-se que ajudar muitas das vezes não é usar da força e nem ser rude, pois se isso fosse bom ainda viveríamos em uma ditadura. A pessoa tem todo o direito de fazer o que quiser com a vida dela, ajudar nem sempre significa não deixar a pessoa cair, mas sim ajudá-la a se reerguer.